Rio de Janeiro,
03
Março
2021
|
18:54
Europe/Amsterdam

Brasileiros estão mais propensos a viajar fora de temporada

O advento da pandemia provocou mudanças na forma como as pessoas desejam viajar no futuro, ampliando possibilidades com relação a estilos de viagem, datas e destinos, por exemplo. Uma pesquisa* realizada pela Booking.com com 47.728 pessoas em 28 países, sendo quase 2 mil do Brasil, revelou que mais da metade (67%) dos brasileiros estão mais propensos a viajar durante a baixa temporada, quando for seguro viajar novamente. Para participar do levantamento, os entrevistados deveriam ter viajado pelo menos uma vez nos últimos 12 meses.

Para os brasileiros, as principais motivações para viajar fora de temporada são o fato de ser menos lotado (91%) e ser, geralmente, mais barato (91%). No primeiro quesito os brasileiros ficam atrás dos mexicanos (94%) e dos colombianos (93%) na América Latina. Já na questão preço, eles ocupam a primeira posição entre os quatro países da América Latina que participaram da pesquisa, empatados com os colombianos. Essa é uma tendências que já vinha sendo observada, quando 8 em cada 10 viajantes (84%) disseram** que ficariam mais atentos aos preços na hora de pesquisar e planejar uma viagem após a pandemia.

A outra principal motivação para a tendência de viagens em baixa temporada é o fato de o viajante correr menos risco de contrair ou espalhar COVID-19. 83% dos brasileiros viajariam fora de temporada pensando nesse quesito, atrás dos mexicanos (89%) e dos colombianos (85%).

E quando perguntados sobre que tipo de viagem provavelmente fariam durante a baixa temporada, 38% dos brasileiros faria uma viagem doméstica longa, liderando o ranking da América Latina, e 29% faria uma viagem curta de férias. Nesse item, os brasileiros ficam atrás dos mexicanos (39%) e dos colombianos (32%).

*Pesquisa encomendada pela Booking.com e conduzida de forma independente entre uma amostra de 47.728 entrevistados em 28 países, por meio de questionário online, em novembro de 2020.

**Pesquisa encomendada pela Booking.com e realizada com um grupo de adultos que viajou a lazer ou a trabalho nos últimos 12 meses, e que planeja viajar nos próximos 12 meses (se/quando as restrições de viagem forem suspensas). No total, 20.934 entrevistados em 28 mercados responderam a uma pesquisa online em julho de 2020.