Rio de Janeiro,
14
Março
2024
|
21:39
Europe/Amsterdam

Booking.com revela os destinos por trás de comidas famosas ao redor do mundo

Uma pesquisa recente da Booking.com revelou que mais da metade (58%*) dos viajantes brasileiros estão interessados em aprender sobre a história das comidas típicas de um destino. E uma curiosidade da culinária pelo mundo é que, apesar de a origem de alguns pratos parecer óbvia, nem tudo é o que parece. Pensando nisso, a Booking.com compartilha a origem de cinco iguarias favoritas de muita gente ao redor do mundo.

Batatas fritas (French Fries) - Bruges, Bélgica

Crocantes por fora, macias e quentinhas por dentro... quem não adora batata frita? Embora o nome em inglês possa dar a ideia de que esse clássico vem da França, sua verdadeira origem é belga - e os viajantes podem encontrar batatas fritas crocantes em quase todos os cantos do país. De acordo com a história, o prato surgiu em 1680 em Namur, capital da província de Valônia, na Bélgica. Como o rio local congelou devido às baixas temperaturas, os moradores da cidade tiveram que comer algo diferente, já que estavam acostumados com peixe frito. As batatas fritas se tornaram, então, uma alternativa muito bem-sucedida. Ainda que alguns historiadores tenham questionado a autenticidade dessa lenda, os belgas estão convencidos de que as batatas fritas surgiram no seu país. Inclusive, em 2017, a Bélgica pediu para que a UNESCO incluísse o prato à sua lista de tesouros culturais. O país também é responsável pelo primeiro e único museu no mundo dedicado à iguaria: o Frietmuseum, em Bruges.

Onde se hospedar: a uma curta caminhada do Frietmuseum, o viajante pode se hospedar no B&B Chester, um cama e café confortável com decoração moderna. Com localização central, é a estadia perfeita para quem quer explorar mais os destaques da cidade e saborear as melhores iguarias da Bélgica além das batatas fritas: cervejas, na Bruges Beer Experience, e chocolate, no Choco-Story: The Chocolate museum, a poucos minutos de lá.

Donuts - Atenas, Grécia

Os donuts, famosos em vários países, possuem uma história bem antiga: foram os antigos gregos que inventaram os primeiros donuts, conhecidos como loukoumades. Essas rosquinhas de massa fofinha e frita, cobertas de calda ou mel, foram originalmente dadas como prêmios aos vencedores dos antigos jogos olímpicos. Hoje em dia, podem ser encontradas em quase todos os cantos do país, incluindo a capital Atenas. Para provar os autênticos loukoumades, bem como outras iguarias locais, vale participar do passeio cultural e culinário por Koukaki com um guia, saborear uma variedade de pratos e guloseimas locais e conferir como a comida é produzida enquanto aprende sobre a história, cultura e tradições gregas.

Onde se hospedar: situado em um dos bairros mais badalados de Atenas, Koukaki, o Heritage Hill Hotel é a acomodação ideal para viajantes que preferem ficar fora da agitação do centro da cidade, mas ainda estar perto de pontos turísticos importantes, como a Acrópole. A propriedade é cercada por muitas cafeterias, ou seja, é o lugar perfeito para curtir um café com loukoumades fresquinhos.

Croissants - Viena, Áustria

Os croissants são um alimento básico da cozinha francesa, mas, no início, não era bem assim. Na verdade, os croissants foram inspirados na iguaria austríaca conhecida como kipferl, um pão tradicional fermentado que é enrolado e moldado em meia-lua antes de ser assado. Hoje em dia, ele é servido como um biscoito. Muito provavelmente, o kipferl apareceu pela primeira vez na França quando a primeira padaria vienense abriu em Paris, em 1838. Os parisienses adoraram e, como resultado, começaram a fazer suas próprias versões. O kipferl tornou-se francês no momento em que foi feito com massa folhada, uma inovação francesa. Assim, nasceram os croissants, conhecidos e amados em todo o mundo.

Onde se hospedar: os modernos e confortáveis Johannesgasse Apartments estão localizados no coração de Viena, a poucos passos da Catedral de Santo Estevão e da Ópera Estatal de Viena. Os hóspedes poderão desfrutar da vista do jardim da propriedade, além de aproveitar um café da manhã fresquinho diariamente. Apesar de os croissants fazerem parte das opções no café da manhã, para os hóspedes que quiserem experimentar os croissants ‘originais’, existem várias padarias na região.

Almôndegas suecas - Istambul, Turquia

Muito conhecida em diversas partes do mundo, as almôndegas suecas poderiam ser um dos itens exportados mais bem-sucedidos do país. No entanto, a receita original não tem muito a ver com a Escandinávia: na verdade, ela surgiu na Turquia. A receita turca foi levada para a Escandinávia no século XVIII pelo Rei Charles XII, após seu exílio no Império Otomano. As almôndegas na Turquia são conhecidas como köfte (kafta), uma famosa comida de rua, feita com carne de vaca e cordeiro – ao contrário da versão sueca, que é feita principalmente de carne de porco – junto com ingredientes em comum, como cebola, ovo, salsinha, farinha de rosca e sal. Os viajantes podem degustar kaftas deliciosas em Istambul, coração gastronômico da Turquia, e participar de um passeio guiado sobre comida de rua, para experimentar dez iguarias locais enquanto conhece a cena gastronômica e os pontos turísticos da cidade.

Onde se hospedar: o Walton Gardens Pera, situado em Istambul, tem um design moderno e um pátio para relaxar. Famosos pontos turísticos ficam a uma curta caminhada da propriedade, como a Praça Taksim e a Torre de Gálata. Na esquina, há diversas opções de transporte público e os hóspedes podem chegar facilmente ao Grande Bazar e apreciar deliciosas comidas de rua.

Ovo Escocês - Agra, Índia

Um ovo cozido envolto em carne de porco moída frita é uma típica iguaria britânica e pode ser encontrada em muitos lugares por todo o Reino Unido. No entanto, o prato não surgiu lá. O ovo escocês parece ter vindo da Índia, que tem uma receita mais antiga chamada Nargisi Kofta, muito semelhante ao ovo escocês. O Nargisi Kofta nada mais é do que um ovo cozido, envolvido por carne moída, que tem origem na cozinha Mughlai, na época do Império Mughal. Agra era a principal cidade do subcontinente e a capital do Império Mughal. Hoje em dia, os viajantes ainda podem apreciar essa iguaria tradicional em muitos restaurantes da cidade.

Onde se hospedar: o The Oberoi Amarvilas Agra dispõe de um ambiente moderno e elegante, além de janelas grandes, com uma vista do principal ponto turístico da cidade, o Taj Mahal. Os hóspedes podem relaxar na piscina ao ar livre ou visitar o spa para um tratamento de bem-estar. Para experimentar algumas das iguarias locais, incluindo o Nargisi Kofta, os hóspedes podem visitar um dos muitos restaurantes do centro de Agra, a uma curta distância de carro.

*A pesquisa Previsões de Viagem para 2024 foi encomendada pela Booking.com e realizada com um grupo de adultos que planeja viajar a lazer ou a negócios nos próximos 12 a 24 meses. No total, 27.730 pessoas em 33 países e territórios participaram da pesquisa. As pessoas entrevistadas responderam a uma pesquisa on-line em julho de 2023.